segunda-feira, 22 de junho de 2015

tiny chats, good vibes


Há certas conversas que têm de ser tidas. Certas dúvidas que têm de ser esclarecidas e certas dores que têm de ser colmatas. E ter a oportunidade de o fazer da melhor maneira, sem discussões à mistura e com uma dose de carinho na medida certa, ajuda-me a acalmar esta cabeça que se debate em tantas batalhas. Permite-me projetar este amor um pouco mais longe e olhar para o futuro com um rosto mais sorridente. E tira-me um peso enorme de cima que me andava a esmagar há já algum tempo. É bom, tão bom, podermos ser totalmente verdadeiros com a pessoa que mais amamos, sabendo perfeitamente que a outra pessoa está a ser igualmente transparente connosco. É bom ver que temos esse nível de confiança que nos permite falar dos assuntos que mais magoam, sem perder o bom senso e o carinho que sentimos um pelo outro. Sem perder o calor do abraço e a candura dos beijos na testa que têm sempre um sabor a serenidade. É bom chegar ao fim de um dia assim de consciência limpa, de mente tranquila e de coração aconchegado. E é ainda melhor ter a perceção que isto até tem pernas para andar, muito embora ambos tenhamos a noção de que vai ser tremendamente difícil levar o nosso amor avante. Mas estamos juntos e temos a noção de que esta relação vai até onde nós quisermos. Que enquanto houver algo a ligar-nos e fizer sentido estarmos juntos, não há lugar para ciúmes ou corações apertados. Que enquanto isto tiver uma razão de ser, não há nada com que nos preocuparmos. E ajuda-me também a perceber que, mesmo no dia em que já nada fizer sentido, saio desta relação de coração cheio. Porque tive o prazer de a partilhar com alguém que fez de mim uma pessoa melhor. 

8 comentários:

  1. Deu-me imenso gosto ler este texto, por mil e uma razões! Tão bom "ver-te" assim :)

    ResponderEliminar
  2. Quando conseguimos ser a paz nas situações de guerra com a pessoa que amamos estamos de certeza no caminho certo. No caminho de saberem exatamente que vocês é que guiam o vosso caminho. Um beijinho cheio de amor para ti

    ResponderEliminar
  3. No final é só isso que importa não é? O que se retira de bom de algo que, acabando ou não, nos preencheu, ensinou e melhorou :)

    ResponderEliminar
  4. E isso é tão importante. Saber que podemos falar sobre tudo, até aquilo que mais nos incomoda ou nos dá algum anseio, e saber que a pessoa que mais amamos está connosco e vai compreender e ser completamente honesta tal como nós o seremos

    ResponderEliminar
  5. Que texto tão lindo! Fiquei de coração cheio ao ler a tua felicidade. Que o vosso amor não morra.

    ResponderEliminar
  6. ooooh *-*

    r: a maioria das pessoas mais velhas é assim ahah

    ResponderEliminar
  7. Ver os dois lados da moeda, muito bem :)
    É bom saber que tens alguém assim!

    ResponderEliminar

O livro da tua vida está a ser escrito agora. Aproveita a onda e lembra-te de escrever uma história feliz.